Blog

Artigos exclusivos sobre a Aurora Boreal, os destinos do Ártico e experiências inesquecíveis!

As vantagens de incluir mais de um destino na sua viagem

Viajar nunca é demais. Afinal, sempre há um novo lugar que gostaríamos de conhecer ou até mesmo revisitar, porque as experiências vividas podem ser infinitas. É por isso que recomendamos, sempre que possível, combinar diferentes destinos em uma mesma viagem.

Além de ampliar seu conhecimento de mundo, a prática de intercalar diferentes lugares pode ser enriquecedora e fazer valer ainda mais a sua tão sonhada viagem.

Vamos enumerar aqui as razões pelas quais realizar uma viagem com múltiplos destinos pode ser tão interessante. Que tal embarcar nessa aventura com muitas conexões?

Destinos incomuns

É fato que, na maioria das vezes em que os viajantes se debruçam para escolher roteiros, sempre ficam mais presos aos grandes centros urbanos. Afinal, é lá que se concentra grande parte da infraestrutura necessária para viagens, como aeroportos internacionais, grandes estações rodoviárias ou de trem, rede hoteleira mais longa e muitas e fáceis opções de deslocamento.

Sem dúvida, essas são as vantagens em ir direto para grandes polos urbanos como as capitais. E não há nada de errado nisso. No entanto, essa viagem pode ficar ainda mais atraente se abrirmos nosso raio de interesse e nos deslocarmos para outras paisagens.

A dica é aproveitar a oportunidade de conhecer mais lugares, uma vez que o viajante já montou base em um determinado local. Desse ponto inicial, é possível mapear lugares menos turísticos ou até outros pontos de grande movimentação que estejam relativamente perto de sua cidade base.

Uma boa pesquisa e o auxílio de agentes especializados como a equipe Borealis, podem transformar sua viagem, ampliando-a em muitos aspectos. É possível conhecer vilarejos escondidos, ruínas históricas, paisagens naturais deslumbrantes e experimentar novos sabores. Tudo isso se combinar lugares que se conectam naturalmente com fácil deslocamento entre eles. Em instantes, sua viagem passa a ser uma grande e curiosa aventura.

Otimização de tempo e recursos

 

A combinação de destinos também otimiza recursos. Muitas vezes, pode ser necessária apenas uma passagem aérea ida e volta para um ponto fixo e de lá se espalhar, de trem, carro ou ônibus, para outros lugares.

Com planejamento e conhecimento, é possível construir roteiros inteligentes que evitem desperdício de tempo e proporcionem mais economia. Fazer uma triangulação adequada contribui muito para que o viajante aproveite ao máximo sua viagem.

Antes de tudo, faça um mapeamento da região que você gostaria de visitar para saber o que existe além do cartão postal. A partir daí, verifique formas de chegar nesses lugares e tipos de hospedagem. E não deixe de contar com a experiência de uma equipe como a da Borealis, que possui o know how para sugerir as opções ideais para o seu perfil e tem a expertise para te oferecer a melhor infraestrutura e custo x benefício. É assim que, aos poucos, uma viagem simples pode ser tecida com múltiplos retalhos até formar um todo coerente e rico.

Muitas histórias para contar

A lógica aqui é simples. Quanto mais lugares visitamos, mais temos histórias para contar. Cada destino é, por excelência, uma porta que se abre para diferentes acontecimentos, novas oportunidades e, com certeza, mais aventuras.

E pode-se fazer isso em uma única viagem. Ao acrescentar outras paradas, o viajante pode descobrir museus, restaurantes, lojas e paisagens inéditas, prontas a serem exploradas. Cada um desses lugares produzirá memórias e histórias que merecem ser compartilhadas. Viajar é enriquecer a mente.

Conhecer melhor países e modos de vida

 

Um só destino não o faz conhecer realmente determinado país. É claro que ir a Moscou já dá uma boa dimensão do que é a Rússia, por exemplo. Mas bem sabemos que o país não se resume à sua capital.

Uma viagem ficará ainda mais completa se pudermos combinar duas, três ou mais cidades de uma certa região. A experiência fica mais completa e, dessa forma, podemos ter uma percepção mais clara e realista daquele lugar.

Logo saberemos que cada lugar tem suas particularidades e que a soma de todas elas forma determinada cultura. Mergulhamos, assim, no modo de vida local, tendo uma dimensão mais rica e complexa de como as pessoas vivem por ali.

Nosso conhecimento deixa de ser superficial e passa a ser mais variado e cheio de nuances, como toda sociedade. Essa imersão cultural é extremamente engrandecedora e os que praticam lembram que suas vivências não têm preço.

Em uma viagem para o Ártico, por exemplo, você pode conhecer as diferentes regiões da Noruega e da Rússia, tanto as capitais e principais cidades quanto lugares inóspitos de cultura indígena e propícios para ver a aurora boreal. Você conseguirá perceber a conexão entre esses destinos a partir da sua própria experiência.

É por tudo isso que sugerimos, sempre que possível, combinar diferentes destinos em uma mesma viagem. O que era bom pode ficar ainda melhor. Esse processo fica mais fácil com a ajuda de profissionais experientes em roteiros inteligentes, especialmente quando estamos indo desbravar lugares mais distantes – e pela primeira vez –, como o Polo Norte e a região do Ártico.

Um mundo de possibilidades, histórias e aventuras espera você com a Borealis. Não se limite e boa viagem!

Posts relacionados