O Kremlin, a Catedral de São Basílio, o Lago Baikal, o mais volumoso, antigo e profundo da Terra... tudo parece monumental na Rússia, país com maior área no planeta. Das oito nações do Norte do globo que avançam no Círculo Polar Ártico, a Rússia é o que reina com mais espaço. Cerca de um terço da superfície dessa potência militar e espacial está no mítico território boreal, o que significa uma absoluta fartura de lugares para observar a aurora, em um balé de cores dançantes que nada deixa a desejar aos espetáculos do Bolshoi. Em Murmansk, na bela Península de Kola, há períodos de 40 dias na mais completa escuridão nesta terra habitada pelos míticos povos sami da Lapônia russa, o que garante condições ideais para observação das luzes florescentes.

Rússia